Baixas vendas de RE Remake transformaram Resident Evil 4 em game de ação

Confira o trailer de lançamento de Resident Evil 4 HD

Shinji Mikami está trabalhando com força total em The Evil Within, seu game para a atual e próxima gerações de consoles que promete trazer de volta as raízes do Survival Horror. Seu legado, porém, data de 1996, quando ele iniciou a série Resident Evil e, mais tarde, orientou sua transformação de um jogo essencialmente de terror para um foco maior na ação.

Segundo o designer, isso aconteceu devido às baixas vendas registradas por Resident Evil Remake, a reimaginação do primeiro título da saga que, até hoje, é exclusiva dos consoles Nintendo. Mikami afirma que o game, até hoje, é um de seus favoritos, mas pondera que talvez o público não estivesse preparado para o velho estilo naquele momento.

Ele vai além, afirmando que as mudanças realizadas em Resident Evil 4 tiveram como intuito não apenas revitalizar a marca, mas também criar uma melhor perspectiva de sucesso. O foco deixou o terror e passou a ser a jogabilidade, que deveria ser divertida e fácil. O diretor conta ainda que o jogo poderia ter sido mais focado no horror caso o resultado comercial de Remake tivesse sido diferente.

Ainda assim, porém, ele acredita ter criado algo especial. Para Mikami, Resident Evil 4 foi responsável por redefinir o sentido de sobrevivência em um Survival Horror. Em seu legado, vieram uma série de outros games não apenas da própria Capcom, mas que utilizaram mecânicas parecidas e figuram até hoje entre as principais franquias do mundo dos games.

Fonte: IGN


Tags: , , , , ,

Autor: Felipe Demartini Ver todos os posts de

Felipe Demartini (Evil Shady) trabalha com sites de Resident Evil desde 2000. É jornalista e descobriu nos games a melhor combinação entre trabalho e diversão.

39 Comentários em "Baixas vendas de RE Remake transformaram Resident Evil 4 em game de ação"

  1. Mayra 26/09/2013 at 15:06 -

    Na minha opinião, acho que o jogo vendeu pouco, por ser exclusiva dos consoles da Nintendo, porque o jogo é demais.

    • Marcus 30/09/2013 at 07:58 -

      Penso o mesmo, queria muito ver o RE Remake, RE 0 e o MGS Twin Snakes que é exclusivo da Nintendo também em outros consoles… :/

  2. Nicholas Knupp 26/09/2013 at 15:28 -

    Concordo com vc , se o jogo fosse exclusivo de PS2 teria vendido fácil 4 milhões de unidades , mas a Capcom tacou ele e o Zero no Gamecube antes mesmo de saber se ele iria fazer sucesso ou ñ , e acabou sendo o console menos vendido da Nintendo até hoje

  3. Fernando 26/09/2013 at 15:32 -

    Ah tá de brincadeira… É pra rir essa revelação do Mikami né!!!!! POR QUE SERÁ QUE RE REMAKE VENDEU TÃO POUCO MIKAMI???? por causa dessas exclusividade sem noção, idiota pra falar a verade… Pra mim é um dos melhores jogos da série e é ele que ainda sustenta o sonho de remakes da mesma qualidade pra RE 2 e 3 e até do Code Veronica eu diria…. PO mas divagar que RE Remake não atingiu as expectativas de venda parecendo não saber o por que e dizer que por causa disso mudou totalmente o estilo da franquia… é SACANAGEM… Desculpem minha indignação, mas eu sou ABSOLUTAMENTE CONTRA essa frescura de exclusividade… E o nosso digníssimo Mikami é bem a favor dessa idéia, pq o prórpio RE 4 seria exclusivo….. Me indigno com isso de exclusividade, embora eu tenha comprado uma “porcaria” de GameCube só pra jogar RE 0 e Remake….. é brabo…. Aliás será que ele não vai querer lançar o The Evil Within exlusivo pra Wii???? é bem capaz né o Mikami…. fala sério

  4. Railson 26/09/2013 at 16:49 -

    Concordo com o comentário da Mayra por ser um exclusivo da Nintendo vende pouco. Talvez não pq Mario faz bastante sucesso e lembro bem na época em 1998 a Nintendo teve muito sucesso com O Zelda Ocarina of Time que ganhou nota 10 em tudo,único game do velho Nintendo 64 a ganhar nota 10 em todos o quesitos. Mas exemplo é God of War um exclusivo do Playstation que teve bastante cópias vendidas é um sucesso entre os jogadores, faz quem não tem Ps3 comprar o console pra poder jogar God of War. Eu sonho jogar RE Remake mas não comprarei o Wii somente pra jogar RE Remake por isso fez o Remake não ter tanto sucesso 🙁

  5. esdrasb 26/09/2013 at 17:41 -

    ele qr se fazer de bobo. todo mundo sabe q RE Code Veronica foi Exclusivo da dreamquest e RE remake Exclusivo da nintendo!
    se a trilogia principal saiu p PLAYSTATION T-o-d-o mundo esperava logicamente q as continuações saissem p PS2! como resultado inevitável as vendas foram baixas.
    tanto que o re4 quando passou p PS2 se tornou o sucesso q é e vendeu Muito mais q no game cube (onde seria exclusivo também).
    essa justificativa é podre, dá p vr q ele não se tocou!

    • Felipe Demartini 26/09/2013 at 18:15 -

      RE4 vendeu 2,3 milhões no PS2, 1,9 milhão no Wii e 1,6 milhão no GameCube. A diferença não é tão gritante assim

      • 26/09/2013 at 22:04 -

        Felipe. Nesses números também estão inclusos as cópias piratas para PS 2?

        • Felipe Demartini 26/09/2013 at 23:35 -

          Não tenho certeza se vc está brincando ou falando sério com essa pergunta rs
          Que diferença fazem as cópias piratas para a Capcom?

          • 28/09/2013 at 09:28 -

            Os dois Felipe. Você não acha que se fosse contabilizado as cópias piratas nesses números a diferença seria gritante?

          • Felipe Demartini 29/09/2013 at 15:36 -

            Duvido mto, mas com certeza teríamos mto mais coisas acontecendo no Brasil e na China se isso importasse.

      • rescclp 26/09/2013 at 22:13 -

        PaeDoSeul! Perdoe o comentário dessa pobre alma…. =(

  6. esdrasb 26/09/2013 at 17:48 -

    é por aí mesmo, muita gente pensou assim. até hoje morro de vontade de jogá- lo mas não vou comprar o wii só pra jogar esse jogo!

    • eduardo machado 27/09/2013 at 12:40 -

      é so baixar um emulador tenho esse jogo no pc muito fhoda…

  7. yuri 26/09/2013 at 18:10 -

    Resident Evil remake vendeu mais de 1.350.000 cópias, longe de ser um fracasso, isso que ele está fazendo é promover seu novo jogo, que certamente será parecido com RE4. Ele pôde fazer isso pois é diretor do remake, se falasse isso de RE0(que vendeu menos e ele não dirigiu), iria pegar mal.

  8. Felipe Demartini 26/09/2013 at 18:18 -

    Exclusividade só é ruim quando não é pro console que a gente tem, né galera?

    Fazendo uma comparação meio bizarra, RE Outbreak teve vendas equivalentes às de Remake, e tambem foi exclusivo do PS2.
    Claro, não sabemos os custos envolvidos e os termos do acordo com a Nintendo etc., mas essa declaração do Mikami me soa muito mais como desculpa do que como motivo.

    Ele foi responsável pela mudança para a ação e agora, tá voltando pro Survival Horror. Claro que a imprensa vai questionar ele sobre isso. Vida inteira ele falou que RE estava saturado e que por isso mudou, e agora sai com essa. Me parece mais que ele tá tentando se justificar do que outra coisa.

  9. residentevilfan 26/09/2013 at 21:05 -

    É claro que vendeu pouco pois naquela época quase ninguem tinha gamecube, todo mundo tinha ps2 ps2 ps2… adoro jogos exclusivos até porque sao eles que fazem a escolha de consoles na hora da compra. Pra minha sorte tenho um wii com controles e memory card de gc, portanto enho os dois remake e zero, mas o remake pra mim eh o melhor resident evil ja feito.

    • The_Mercenary 27/09/2013 at 13:17 -

      Ainda lembro de você falando que era RE5 há mais o menos 1 ano atrás! u.u

  10. 26/09/2013 at 22:01 -

    O cara que é considerado um gênio, vem dizer uma idiotice dessas. É claro que R.E Remake vendeu pouco por causa da exclusividade para Game Cube numa época onde o Play Station 2 reinava. Se tivesse saído para ele também teria vendido como água do deserto.
    Até hoje ainda não joguei o R.E Remake e o R.E Zero por causa dessa exclusividade, mas isso está perto do fim, pois em pouco tempo irei comprar um Nintendo Wii U e esses serão os primeiros jogos que irei comprar.

  11. Paulo Sérgio 26/09/2013 at 23:55 -

    Game Cube vendeu pouco.Logo os seus exclusivos vendem pouco.PS2 Vendeu absurdamente e a mesma regra se aplica.Comprei um Dreamcast,que tenho até hoje,só para jogar o Code Veronica(Ná época).Mas o Game Cube é muito bizarro,cara.Então prefiro emular o Remake,Zero,Darkside C,Umbrella C.

  12. Thales 26/09/2013 at 23:59 -

    Pois é, fanboys por toda parte… Também não concordo com exclusividade, mas ninguém aqui comenta que Resident 5 e 6 não saíram pra consoles da Nintendo, que teve o console mais vendido dessa geração. Final fantasy começou na NIntendo e passou pro Playstation, então essa de que tinha que permanecer no Playstation não cola. Shinji Mikami não queria trabalhar com o PS2 e com a Sony por diversos motivos. Ele se reuniu com Nintendo e Microsoft, e a Nintendo fez a melhor proposta, inclusive botando dinheiro no projeto.

    • yuri 27/09/2013 at 02:39 -

      Único comentário sensato daqui. isso alia-se ao fato de a Capcom ter dado apoio à Nintendo devido ao baixo apoio que o N64 recebeu. Em 2002, o Gamecube ainda era mais vendido que o Xbox, creio eu. o jogo vendeu bem sim, para sua época.

      • Thales 27/09/2013 at 15:06 -

        Uma mão sempre lavou a outra. A Nintendo ajudou a Capcom a crescer e se tornar uma das maiores publishers do mundo. E em reconhecimento disso a Capcom sempre apoiou os consoles da Nintendo, e os jogos dela sempre venderam bem até mesmo no N64. Várias empresas tem esse pensamento como Konami, Ubisoft e mais atualmente a Sega. Infelizmente outras como a Squaresoft…

  13. Dione 27/09/2013 at 00:21 -

    E o resident revelations que nao vendeu nada no ps3 360 pc wiiu , o do 3ds vendeu bem mais

    • Felipe Demartini 27/09/2013 at 00:59 -

      Errado.
      A Unveiled Edition atingiu com folga a meta de vendas estipulada pela Capcom e ultrapassou em dois meses o que foi vendido no 3DS.
      http://www.residentevilsac.com.br/noticias/resident-evil-revelations-atinge-meta-mas-lucro-da-capcom-cai/

      • Thales 27/09/2013 at 01:57 -

        De certa forma as duas afirmações estão certas. As plataformas somadas venderam mais que a versão original, mas individualmente nenhuma vendeu mais que a de 3DS.

        • Felipe Demartini 27/09/2013 at 02:19 -

          N sei. N existem números concretos disso (nem de como estão as vendas hoje)
          De qquer forma, afirmar que o jogo “não vendeu nada” não condiz com a realidade.

          • Thales 27/09/2013 at 12:22 -

            VGChartz. Os números deles estão longe de ser certeiros, mas em questão de estimativa ou proporção (qual vendeu mais) dá pra se basear. Mas é isso aí, ambas as versões venderam bem de acordo com o investimento feito no jogo.

          • Felipe Demartini 27/09/2013 at 12:54 -

            VGChartz bem mais ou menos hein… aquilo tá mais pra estimativa que pra no. concreto.

  14. eduardod 27/09/2013 at 14:59 -

    falou tudo. melhor comentário, sério.

  15. José Mac 27/09/2013 at 15:11 -

    Ta aí, Mikami falou uma coisa com que concordo. E o pessoal vai cego em cima da exclusividade. Embora, sinceramente, acho que a exclusividade tenha sua parcela de culpa, sim!!

  16. rescclp 27/09/2013 at 18:49 -

    Eu acho MUITO engraçado culpar a exclusividade. Mas pra mim, o importante era jogar o meu Resident Evil não importando o console! Aliás, comprei o Gamecube por causa disso e não me arrependi! ^^
     
    Agora a pergunta maior de todas: Será que a grande maioria destes que culpam a exclusividade já possuíam o PS2 na época do REmake em 2002? 😉

  17. Adelson wesker 28/09/2013 at 11:47 -

    Bom quando eu soube que Resident evil Remake e o 0 seria esclusivo para GC eu fiquei puto logicamente ele tinha q ser multiplataforma pois e uma sacanagem vc tem q comprar um video game pra jogar 2 jogos, bom dizer q foi fracasso comercial eu acho ate q nao foi na mainha opiniao vendeu bem para um video game falido igual ao game cube, mas com certeza se fosse multi venderia bem mais nem q a versao PS2 fosse um pouco mais capada mas mesmo assim a galera podia comprar. claro q a exclusividade com a nintendo fudeu as vendas do jogo um video game que ninguem tinha nao ia vender muita coisa mesmo, eu tive q comprar GC so pra jogar o Zero e o Remake e isso e foda

    • José Mac 28/09/2013 at 15:07 -

      Era aí que eu queria chegar!

    • yuri 29/09/2013 at 19:16 -

      a questão é, por que voce não comprou o gamecube em vez do ps2? a menos que voce tenha comprado o ps2 antes de 2001, quando a capcom anunciou a exclusividade, de surpresa é que voce não foi pego; voce comprou o ps2 consciente disso.

  18. Splinter 28/09/2013 at 12:47 -

    Eu ainda acho que quanto mais plataformas, mais gente jogando, logo, maior o número de vendas.
    Quando você aposta em um único console, você está limitando sua vendagem aquele público.
    E nós sabemos bem que o Gamecube não foi lá um baita sucesso.
    Também lembro que naquela época não havia tanto marketing em cima de um jogo como temos atualmente, as redes sociais não eram assim tão fortes como é hoje.
    Basta ver as ações da Capcom pra divulgar Revelations e RE6… com sites temáticos, promoções e ações no facebook e youtube.
    Acho que o Remake foi um jogo bom lançado na hora errada e no lugar errado.
    Se fosse atualmente, a Capcom iria lançar um spin-off ou algum “port” pro Gamecube primeiro, pra analisar como seria a aceitação do público com aquele console, pra depois pensar em desenvolver um jogo principal da série.
    Não foi mais ou menos assim com o Wii e o 3DS?

  19. Thales 28/09/2013 at 18:07 -

    Eu comprei um wii e não me arrependo nem um pouco, porque acima de tudo sou fã de RESIDENT EVIL, não sou fanboy de console. E comprei sabendo que com o wii eu poderia jogar todos os melhores títulos da série: 2, 3, CV, REmake, zero e 4. Infelizmente os 3 primeiros não deu pq meu wii não tem retrocompatibilidade, mas adivinha quais foram os 3 primeiros games que comprei… Enfim, repito, não sou a favor de exclusividade, mas também nao fico chorando porque não posso jogar RE 5 e 6, não vou ficar culpando a capcom, os jogos existem, é só dar um jeito de comprar o console ou pegar emprestado. O gamecube realmente não vendeu nem perto do PS2, mas tá longe de ser um fracasso ( o dreamcast sim foi). Vendeu pouco por causa da péssima reputação do 64 e a ótima reputação do PS1. Agora, em questão de jogos, quero ver survival horror melhor que Eternal Darkness no PS2, ou jogo mais épico que os metroid primes. A biblioteca de jogos não deve nada pra do PS2. Mas aqui no Brasil principalmente o play 2 reinou (pirataria né…), então não da nem pra discutir, todo mundo reclama. Mas repito, sou fã de Resident acima de tudo, o que tiver a mais de jogos pro console é lucro.

  20. Luan Henrique Soares 28/09/2013 at 21:36 -

    Me chamem de louco, mais EU COMPREI UM NINTENDO WII SO PRA JOGAR Resident Evil 0 e Remake Kkkk e por pouco não comprei um 3DS por causa do Revelations 🙂

    • yuri 29/09/2013 at 19:15 -

      Louco nada, voce é muito esperto. a Nintendo parou de fabricar wii com compatibilidade com Gamecube.