As influências de 24 Horas em Resident Evil 6

As influências de 24 Horas em Resident Evil 6

Em abril de 2012, enquanto os vídeos ainda eram uma atração experimental aqui no Resident Evil SAC, falamos sobre as diversas referências do seriado 24 Horas ao longo dos diversos capítulos de Resident Evil. A franquia foi citada mais de uma vez como a preferida dos produtores dos games e tem presença constante na saga.

Na época, focamos mais nas referências presentes em jogos do passado, como Resident Evil 4 ou o longa de animação RE: Degeneração. O sexto game da franquia ainda não havia chegado às lojas, mas, mesmo nos trailers, já era possível perceber que mais influências a 24 Horas estavam presentes no game. A ideia era jogar seguro para não falar bobagem.

Agora, porém, esse risco já passou. E com a iminência do retorno de 24 Horas à televisão, é hora de voltarmos à série e explorarmos, mais uma vez, as diversas semelhanças entre a saga de Jack Bauer e a aventura de Chris, Leon e Jake ao redor do mundo em Resident Evil 6.

Figura superior

Uma relação nunca explorada ao longo da série Resident Evil foi mostrada maneira extremamente breve no sexto game da série. Como já falamos no vídeo anterior, Leon Kennedy e o presidente americano Adam Benford aparecem como velhos amigos. O comandante-em-chefe surge também como conselheiro do agente federal, uma relação bem parecida à de Jack Bauer e David Palmer.

A conexão entre Leon Kennedy e Adam Benford, porém, é mais antiga. Foi o futuro presidente dos Estados Unidos – na época, apenas um agente de alta patente do governo – quem recrutou o então novato da delegacia de Raccoon City para o Serviço Secreto, após enxergar nele habilidades excepcionais de sobrevivência. O fato é mostrado em epílogos de Resident Evil 3 e também em RE: The Darkside Chronicles.

Ali, também, foi forjado um acordo que mudaria para sempre não apenas a vida de Leon, mas também a de Sherry. A garotinha ficaria em custódia do governo e seria protegida da Umbrella desde que o jovem policial aceitasse dedicar-se aos serviços especiais do governo dos Estados Unidos. A chantagem acabaria gerando uma grande relação de cumplicidade.

O Adam Benford mostrado em Resident Evil 6 carrega uma forte semelhança com o ator James Cromwell, que interpreta ninguém menos que o pai de Jack na sexta temporada de 24 Horas. Apesar da relação familiar já trazer consigo uma ideia de companheirismo e amizade, Philip Bauer anda em um lado da lei bem diferente.

As influências de 24 Horas em Resident Evil 6

Ao lado de seu outro filho, o pai de Jack é uma das peças-chave da conspiração que envolve o roubo de cinco bombas nucleares por Dmitri Gredenko, que queria gerar uma guerra entre os EUA e o Oriente Médio. Com as duas regiões destruídas pela batalha, a Rússia voltaria a ser a nação soberana do mundo.

Ao longo do sexto ano de 24 Horas, Philip Bauer vai às últimas consequências para proteger a si mesmo e sua empresa, a BXJ Technologies. Ele chega ao ponto de matar seu próprio filho, Graem Bauer, e por diversas vezes ameaçar a vida de Jack. Ao final da temporada, o pai do protagonista morre durante um bombardeio do governo norte-americano.

Referência visual

Ao longo dos games da série, Leon Kennedy vai ganhando influência, deixando de ser um simples novato para se tornar um dos oficiais mais respeitados no combate contra o terrorismo biológico. Ao ponto que, em Resident Evil 6, ele se torna o próprio Jack Bauer, a arma definitiva dos Estados Unidos contra a ameaça.

O protagonista do game, porém, está sempre seguro do que faz. Por outro lado, o agente da CTU se vê o tempo todo questionando o próprio patriotismo, principalmente quando se vê obrigado a abrir mão do que lhe é importante para salvar o país. Em uma das imagens de divulgação da sexta temporada, inclusive, ele aparece vendado pela bandeira dos EUA. Nada poderia ser mais simbólico.

A maior semelhança entre os dois, porém, aparece no primeiro arco de Resident Evil 6. Leon, apesar de ainda carregar os traços característicos de sua fisionomia, aparece com um visual completamente inspirado no figurino de Jack Bauer na oitava temporada de 24 Horas. Compare e perceba:

As influências de 24 Horas em Resident Evil 6

Existem diferenças entre as peças, é claro, mas a escolha do conjunto vai além de simplesmente exibir uma tendência atual. É uma referência direta ao agente da CTU, que na última temporada de 24 Horas, se vê mais uma vez perdendo muito para salvar seu país. O mesmo ensejo com o qual Leon começa RE6: logo de cara, é obrigado a matar Adam.

E é bem possível que, no futuro, a lista de referências à série 24 Horas em Resident Evil aumente ainda mais. Uma nova temporada, com doze episódios, chega à TV americana em meados de 2014. Jack Bauer está de volta e, assim como a ameaça biológica precisa de Chris, Leon e companhia, o mundo somente estará seguro do terrorismo pelas mãos do eterno agente da CTU.


Tags: , , , ,

Autor: Felipe Demartini Ver todos os posts de

Felipe Demartini (Evil Shady) trabalha com sites de Resident Evil desde 2000. É jornalista e descobriu nos games a melhor combinação entre trabalho e diversão.

19 Comentários em "As influências de 24 Horas em Resident Evil 6"

  1. Dione 25/05/2013 at 18:02 -

    a capcom devia pegar influências dos REs antigos

    • Nandoskennedy 03/06/2013 at 02:58 -

      Nunca notei essas influências (até pq nunca assisti 24 Horas)… mas me parece algo MUITO preocupante comparar um game como RE (q ja foi de terror) a uma série de trama policial/política. Ao q me parece, se essa “inspiração” em 24 horas continuar a série só irá caminhar para mais longe ainda do Survival Horror, o q me deixa muito preocupado.
      Se eles se inspirassem em American Horror History ou até em The Walking Dead faria muito mais sentido. Se os responsáveis pelo RE atual tiverem um pouco de bom senso, acredito q eles nunca mais se inspiraram em tramas frenéticas.

  2. Bruno D cesar 25/05/2013 at 18:24 -

    Ótimo texto Demartini, sempre acompanho a série 24hs, e nunca percebi tais referências. Muito legal!

  3. Rafael Medeiros 25/05/2013 at 19:10 -

    no re8, quando leon tiver 40 anos e começar a ficar careca, vai parecer mais ainda com o bauer

  4. chris X 25/05/2013 at 19:47 -

    otima materia shady

  5. Nicolas Augusto 25/05/2013 at 20:04 -

    Muito legal esse artigo!
    Eu gostaria de ver o grande heroi Leon se deparar com questões morais e decisões difíceis.
    Demartini, você acredita que usar temas e conflitos políticos seja uma boa ideia para o futuro da série?

    • Felipe Demartini 25/05/2013 at 22:31 -

      Eu acho que seria bem interessante e ia dar uma maturidade bem maior pra trama… o Revelations já pincela isso de leve e ficou bem legal.

  6. José Mac 25/05/2013 at 20:33 -

    Só faltava uma coisa para que Leon ficasse mais inspirado ainda no Bauer: ter aquela espécie de “maldade” que Bauer tem. Leon, como todos os outros protagonistas da série, é muito bonzinho, quase um purista!
    Faz muita falta em RE um protagonista que “meta o pé na jaca” de vez em quando…

    • Bruno D cesar 25/05/2013 at 22:02 -

      Quem sabe o Jake!? ;0

    • RafaelRedfield 25/05/2013 at 22:03 -

      Nem todos .. Bonziinho … Isso é uma Coisa que o Chris não Foi no Resident Evil 6. Concordo na questão de mais ”Maldade” por isso na Minha opnião ele foi o Protagonista mais Realista no RE6 com seu ódio por Vingança.

  7. Alexandre 26/05/2013 at 00:10 -

    Por isso não gosto muito do Leon, ele é o retrato do maior clichê hollywoodiano [mostrou isso a partir do RE4], ele é aquela coisa previsível, desde suas falas até a vestimenta. Me dá nojo!

  8. NemesisBOW 26/05/2013 at 02:52 -
    • RogueaVampira 27/05/2013 at 11:57 -

      Eu vou poupar o Felipe de responder isso pela milionésima vez, rsrsrsr. Não amiquinho, é só rumor por enquanto. Abraços!

      • RogueaVampira 27/05/2013 at 15:30 -

        Não, minto, eu não processei direito a tua pergunta( foi mal Felipe, kkk). O ‘rumor’ de fato é verdadeiro, mas não há nenhum pronunciamento oficial da Capcom a respeito da veracidade da logo ainda…

  9. Gabriel S. Kenedy 26/05/2013 at 16:43 -

    o Leon nunca vai mudar pq dado por mts o RE2 foi o melhor e ele era o principal e quanto ao Chris cada um tem a sua personalidade e viveram coisas diferentes e o chris n ficou tao mal assim só fico impulsivo e inconsequente e a morte da sua equipe na campanha n foi sua culpa eles q n foram capazes d protegerem a si mesmos e sinceramente acho q as influencias são bem pequenas nd q a história ja n proporcionasse

  10. Daniel 26/05/2013 at 17:47 -

    O Shady usa Tresemmé huahuahua

  11. RogueaVampira 27/05/2013 at 11:55 -

    Eu concordo que o Leon é personagem clichê é muito superestimado…Mas dane-se ele é lindo e ponto final :3

  12. levasco 27/05/2013 at 17:46 -

    Talvez um pouco mais de conspiração, história mais densa e personagens menos rasos e mais humanos (o descontrole de Chris pode ter sido um bom começo, deixa as coisas mais imprevisíveis) sejam a saída pro futuro de série.

  13. Willian Carvalho 28/05/2013 at 22:32 -

    E o Demartini entra numa nostalgia pela volta da série que ele mais gosta.