As armas reais de Resident Evil 3

As armas reais de Resident Evil 3

Lançado em 1999, apenas um ano depois de RE2, Resident Evil 3 tem como um de seus grandes diferenciais a versatilidade do arsenal. Apesar de contar com armas tradicionais, como já haviam sido vistas antes na franquia, o título trouxe também inovações nesse quesito, como o sistema de pólvoras para criação de munição e os equipamentos secretos liberados por Nemesis.

Resident Evil 3 mantém a tradição de inspirar os equipamentos virtuais em armas que existem de verdade, trazendo uma maior verossimilhança ao título. No título, porém, a Capcom tomou diversas liberdades de design e customização, criando algumas combinações que você dificilmente encontrará por aí.

Handgun M92F

As armas reais de Resident Evil 3

Resident Evil 3 marca a estreia do design da M92F que seria usado em praticamente todos os games da franquia dali em diante. As armas foram customizadas por Robert Kendo, mas, aqui, ainda não traziam as características diferenciadas de cada membro dos S.T.A.R.S. A pistola utiliza munição 9x19mm Parabellum e estará em seu inventário por boa parte do game.

Como já falamos anteriormente, o nome M92F é uma convenção não necessariamente correta para designar a 92F, uma arma de mão utilizada pelas Forças Armadas dos Estados Unidos e por diversas unidades de polícia da Europa e EUA. O design que facilita sua utilização tanto por canhotos quanto por destros, aliado à durabilidade e facilidade de manutenção e customização, transformaram a pistola em uma escolha fácil para uso regular.

Merc’s Handgun SIG PRO SP2009

As armas reais de Resident Evil 3

A pistola padrão dos times da U.B.C.S. é equivalente em poder de fogo e capacidade à M92F. A Ao longo do game, é possível utilizá-la com Carlos ou, no modo Mercenaries, Nicholai. As balas de 9mm da Handgun de Jill também servem aqui, assim como as munições especiais obtidas com o resgate de sobreviventes no extra.

É interessante notar que, em 1998, a SIG PRO SP 2009 não havia sido lançada, tornando sua utilização pelas forças da Umbrella impossível. A arma chegou ao mercado em 1999 e é utilizada até hoje pelo DEA, o departamento antidrogas do governo dos Estados Unidos. Os destaques aqui são o tamanho diminuto e a leveza, já que muitas partes da pistola são de plástico. O lado negativo disso, porém, é sua baixa durabilidade. O equipamento também está disponível em sua versão 2340 (imagem), que utiliza munição .40.

STI Eagle 6.0

As armas reais de Resident Evil 3

Uma das armas especiais de Resident Evil 3, é obtida a partir de peças encontradas após combates bem-sucedidos contra Nemesis. Bem poderosa e rápida, utiliza a munição comum de 9mm e é capaz de derrubar zumbis e Cerberus com poucos disparos. Em situações de economia de munição, também pode servir contra Brain Suckers ou Drain Deimos.

A Eagle 6.0 não possui uma versão exatamente como a vista no game, onde aparece altamente modificada e com um acessório para aumento de precisão. Mesmo sem o scope, porém, a arma fabricada pela STI é elogiada por seus tiros certeiros e é utilizada principalmente em competições. Inspirada na Colt M1911, tem pente com capacidade para 12 projéteis e corpo feito de aço e polímero.

Shotgun Benelli M3S

As armas reais de Resident Evil 3

Qual Resident Evil estaria completo sem uma escopeta? O primeiro equipamento desse tipo em RE3 aparece logo no início do game e será sua principal arma contra inimigos mais fortes – e o próprio Nemesis, se você for corajoso o bastante. Seu poder de fogo, porém, é menor que o visto nos games anteriores. Ainda assim, a M3S será sua melhor amiga contra hordas de zumbis.

Apesar do modelo indicado na descrição do próprio game, a shotgun de Resident Evil 3 é inspirada na Ithaca 37, que apareceria mais tarde no quinto jogo da franquia. Lançada em 1937, é voltada para uso civil, esportivo e militar, permitindo um alto nível de customização e regulagem. É a espingarda que está há mais tempo em produção, apesar das pausas na fabricação durante a Segunda Guerra Mundial e a aquisição da Ithaca por outras companhias.

Western Custom M37

As armas reais de Resident Evil 3

Segunda arma especial de Resident Evil 3, também é obtida após matar Nemesis duas vezes. Bem mais poderosa que a Benelli e muito mais eficaz a longas distâncias, tem como ponto negativo a incompatibilidade com a munição especial de escopeta. Em sua versão virtual, aparece com o cano cortado e conta com um sistema de recarregamento , com taxa de disparos muito maior que o modelo comum.

Apesar do nome desta arma remeter à Ithaca 37, ela foi inspirada na Winchester M1892, uma carabina bastante comum nos filmes de faroeste, apesar de não ter sido usada nas batalhas desse período. Na vida real, não utiliza munições calibre 12. A animação de recarregamento vista com Jill é possível devido ao sistema de alavancas sob o gatilho. Porém, se utilizado em um combate de verdade, tal movimento quebraria completamente os mecanismos internos após alguns disparos.

Assault Rifle M4A1

As armas reais de Resident Evil 3

Rifle de assalto que faz parte do inventário padrão dos membros da U.B.C.S., essa arma também pode ser usada por Jill nas dificuldades mais fáceis de Resident Evil 3 ou após confrontos sucessivos contra o Nemesis. Possui dois modos de tiro, úteis em momentos de economia de munição. Apesar de seu baixo potencial destrutivo, é capaz de impedir o avanço de inimigos como Hunters ou hordas de zumbis.

A versão virtual M4A1 carrega a mesma aparência e funcionalidade de sua contraparte real. Utilizada por forças do exército e grupos táticos como o BOPE e GATE, essa arma é da família do fuzil AR15 e possui como principal novidade, em relação a seu modelo padrão, a capacidade de disparar projéteis de forma completamente automática. É compacta e leve, sendo assim, perfeita para combates urbanos e de proximidade. Para disparos mais longos e precisos, pode ser usado com mira telescópica.

S&W M629C

As armas reais de Resident Evil 3

Uma das armas comuns mais poderosas de Resident Evil 3, é útil contra praticamente todo tipo de inimigo. Seguindo a tradição das Magnums de Resident Evil, porém, possui munição escassa para compensar seu alto poder de fogo, algo que pode ser resolvido caso você saiba trabalhar com as pólvoras encontradas por Raccoon. Possui capacidade máxima de seis tiros por vez.

Produzida pela Smith & Wesson, uma das mais tradicionais fabricantes de armas do mundo, este revólver .44 carrega o design cromado comum na maioria das pistolas da marca. Seu nome real, porém, é M629, também conhecida como Model 29 e famosa por ser a arma favorita de Dirty Harry, um dos mais clássicos personagens do ator Clint Eastwood. Não é mais fabricada nos dias de hoje, mas, eventualmente, a produtora anuncia edições limitadas ou especiais, voltadas para colecionadores ou entusiastas.

HK-P Grenade Launcher

As armas reais de Resident Evil 3

A necessidade de recarregamento a cada disparo deste lançador de granadas é compensado por seu alto poder de fogo e versatilidade. Com quatro tipos de munição disponíveis – explosiva, flamejante, ácida e os estreantes projéteis de nitrogênio – é indicada contra os tipos mais poderosos de inimigos. A lentidão de uso, porém, a torna ruim em ambientes com pouco espaço para movimentação. Voltaria a aparecer em Resident Evil: Operation Raccoon City.

A linha de lançadores de granadas da fabricante Heckler & Koch foi a grande inspiração da Capcom para a arma do game. O modelo HK-P, porém, não existe no mundo real e parece ter sido criado com base na HK69A1, um equipamento utilizado principalmente para controle de populações – disparando bombas de gás – ou iluminação de áreas distantes, no preparo para um ataque por tropas terrestres.

Mine Thrower

As armas reais de Resident Evil 3

Esta arma experimental fabricada pela Umbrella passava por seu primeiro teste prático durante o incidente em Raccoon City. É capaz de disparar minas em formato de dardos que são detonadas após alguns segundos de contato ao corpo dos inimigos. É recomendado, porém, usá-la à distância, já que a explosão também pode causar dano a Jill caso ela esteja próxima o bastante.

No mundo real, lançadores de minas são armas bem mais desajeitadas e nada portáteis. Mais parecidos com atiradores de morteiros, esses equipamentos foram largamente utilizados pelos alemães durante a Segunda Guerra Mundial para impedir o avanço de tanques aliados e causar explosões a curtas distâncias, que não podiam ser atingidas com o lançamento de uma granada comum.

Gatling Gun M134

As armas reais de Resident Evil 3

Obtida apenas por pontos do modo Mercenaries de Resident Evil 3, este equipamento exige que o jogador esteja a uma certa distância dos inimigos devido à demora para giro dos tambores. Uma vez em pleno funcionamento, seus disparos devastadores são capazes de dizimar completamente qualquer tipo de inimigo, incluindo o próprio Nemesis. A Gatling Gun aparece aqui exatamente como vista em RE2, com três canos e munição infinita.

A M134 dispensa apresentações devido a seu apelido: “A Vaporizadora”. O consumo de munição é alto devido à taxa de disparos, o que exige o uso de uma caixa de munição anexa, normalmente carregada nas costas do soldado que a utiliza. Sem esse acessório, da maneira como aparece no game, possui baixíssima autonomia e torna-se uma arma bem pouco eficaz.

Rocket Launcher M66

As armas reais de Resident Evil 3

A sempre suprema arma de Resident Evil pode ser encontrada ao final da aventura de Jill ou obtida por meio de pontos do modo Mercenaries. Capaz de destuir completamente qualquer inimigo do game com um único disparo, é perfeita para se vingar de toda a perseguição de Nemesis durante uma rodada comum do título.

Fabricada pelo governo dos EUA para substituir os lança-chamas durante a Guerra do Vietnã, a M202A1 FLASH é capaz de disparar torpedos de 66m, com carga incendiária, ou do padrão M72, muito úteis contra tanques militares. Apesar de ser considerada portátil, é extremamente pesada e seu uso normalmente requeria a participação de dois soldados: um para recarregar a arma e outro para atirar com ela.

Fontes de imagens


Tags: ,

Autor: Felipe Demartini Ver todos os posts de

Felipe Demartini (Evil Shady) trabalha com sites de Resident Evil desde 2000. É jornalista e descobriu nos games a melhor combinação entre trabalho e diversão.

11 Comentários em "As armas reais de Resident Evil 3"

  1. hedrevil 26/04/2013 at 19:02 -

    Nossa Mto massa…..

    Vlw Shady

  2. GabrielRE 26/04/2013 at 20:24 -

    Muito bom a matéria Shady, Jill é foda, ela carrega o Rocket Launcher com só uma mão

  3. Cloud 26/04/2013 at 21:05 -

    Muito bom o artigo cara. \o

  4. José Mac 26/04/2013 at 23:34 -

    Lembrei daquela bazuca do Nemesis, que apesar de ser imponente na aparência, Jill ainda consegue se manter de pé ao levar um tiro certeiro dela, rs! Ou a Capcom pisou feio na bola ou a munição dela era de fogos de artifícil, hahaha!”

  5. Ricardo 28/04/2013 at 15:39 -

    Uma das matérias mais interessantes que eu li aqui!

  6. Vinicius Faria 29/04/2013 at 12:38 -

    Puxa! Que maneiro! Fação tambem sobre as armas do Re 2 sempre quis saber qual é a histora daquela magnum que o Leon usa e com silencioador ainda por cima, hehehe! Agora falando serio isso podia virar uma serie de post muito boas. Por fvaor continuem com o bom trabalho SAC!

  7. esdras 29/04/2013 at 17:33 -

    falando em re3 será que vai ter essa roupa da jill p o Revelations com cabelo curto?

  8. Willian Carvalho 04/05/2013 at 22:03 -

    Vai ter o do CV, apesar de quase nada ter mudado?

    • Felipe Demartini 04/05/2013 at 22:47 -

      Vai ter de todos da série principal, eu acho. Não sei.

  9. gabriel 14/05/2013 at 18:28 -

    cara eu vo compra essas armas KKKKK 🙂 🙂 🙂 🙂 🙂 🙂 🙂 🙂 🙂 🙂 🙂 🙂 🙂 🙂 🙂 🙂