O que esperar da E3 2013?

O que esperar da E3 2013?

A E3 2013 chegou em meio a um clima de incerteza na saga Resident Evil. Após um 2012 frutífero, com nada menos do que cinco títulos inéditos entre filmes e jogos, a saga passa agora por uma crise de identidade. Tanto o foco total na ação, visto em RE: Operation Raccoon City, quanto a tentativa de agradar a todos com RE6, falharam aos olhos da Capcom, seja em crítica ou em vendas.

Em meio a notícias sobre um possível reboot ou o retorno ao horror que deu à franquia seu sucesso, a desenvolvedora aguarda agora os resultados de Resident Evil: Revelations, que foi relançado para consoles e PC com promessas completamente diferentes. E os fãs passam por uma situação que foi vista poucas vezes na história da marca: não temos nada em vista, não sabemos o que esperar e tudo pode acontecer.

É nesse ensejo que chega a maior feira ocidental de games, que abre suas portas em 11 de junho, mas começa de verdade em 10/06, quando acontecem algumas das principais conferências de fabricantes e publicadoras. Os horários você confere neste post.

E a Capcom, claro, estará lá, apesar de ainda não ter revelado uma line-up forte. Por enquanto, a lista da empresa é composta de apenas três títulos – duas remasterizações e uma sequência, que nem mesmo está sendo desenvolvida internamente. Fica, então, a expectativa de grandes anúncios para engordar essa relação. Mas será que Resident Evil pode dar as caras?

Olhando para a próxima geração

Capcom não deve anunciar Resident Evil 7 na E3

Antes de mais nada, é melhor deixar de molho suas esperanças quanto a Resident Evil 7. O game foi alvo de um fraco rumor ao longo do mês de maio, com um pôster desmentido de maneira não-oficial. Com a declarada falta de direcionamento, um anúncio de mais um game numerado, menos de um ano após o anterior, parece muito improvável.

Outro fator torna ainda mais remota a chance de vermos um game de tal porte na E3. A feira deste ano não terá apenas jogos como foco principal. Estamos diante de uma nova geração de consoles e, pela primeira vez, o PlayStation 4 e o Xbox One estarão diante dos olhos da grande imprensa. Os títulos, aqui, devem servir mais para mostrar do que eles são capazes.

E é lá, na nova era de consoles, que Resident Evil 7 deve surgir. O título, bem provavelmente, já está em seus estágios iniciais de desenvolvimento, mas deve surgir em um terreno já pavimentado. Rumores apontam que um game da franquia já está sendo produzido para PlayStation 4, Xbox One e PC, com anúncio previsto para “breve”. Será que já veremos o salto da franquia para a nova geração?

A revelação de um game secundário é a notícia com maior probabilidade de se tornar real. Dessa forma, a desenvolvedora seria capaz de colocar em prática alguns dos ensinamentos aprendidos com Resident Evil 6, utilizando até mesmo sua nova engine, a Panta Rhei, e ganhando experiência com a nova geração. Preparando, assim, a chegada do próximo grande jogo da franquia.

Desespero no presente

Remake de Resident Evil 2 é possível se os fãs quiserem, diz Capcom

Mesmo com os novos consoles de Sony e Microsoft chegando ao mercado no final do ano, as atuais plataformas ainda têm muito o que proporcionar. As fabricantes já se comprometeram a dar suporte ao console por pelo menos mais alguns anos, em um coro que foi engrossado também por produtores de jogos. A Capcom, como sempre, permanece calada, mas deve também se unir à turma.

E é aqui que entra um boato que está causando dor de cabeça em muito fã. Segundo uma lista vazada de anúncios para a E3 2013, o tão aguardado remake de Resident Evil 2 teria sua revelação marcada para a feira como um exclusivo do Wii U. Dessa forma, a Capcom manteria a relação com a Nintendo iniciada em 2000 e daria aos aficionados tudo o que eles querem, mesmo que não da maneira como todos gostariam.

Verdade ou não, uma nova versão do segundo jogo da série é um tiro certeiro e garantia de que a Capcom, junto com a franquia, se tornariam mais uma vez o centro das atenções. Enquanto nós, fãs, acompanhamos com afinco cada pequena novidade divulgada, o mesmo não pode ser dito do público geral de games. Isso, porém, não cabe quando o assunto é Resident Evil 2, um dos maiores títulos de todos os tempos.

O destino da série no PlayStation 3 e Xbox 360, entretanto, fica indefinido. Não existe nada que indique o anúncio de mais um game na atual era de consoles, ao mesmo tempo em que não há evidências de que Resident Evil já acabou para esses consoles. Listas de anúncios vazadas ao longo da semana passada nem mesmo citam a franquia e, aqui, batemos em um vazio. É aguardar e confiar.

O pequeno bastardo

E se Resident Evil: Revelations também chegasse ao PlayStation Vita?

A franquia tem, ainda, aquela pequena lembrança, que está lá no fundo da memória, quase deixada de lado, mas que ninguém deixa ser esquecida. Resident Evil Portable, o teoricamente cancelado game anunciado na E3 de 2009, nunca foi esquecido pelos fãs, mesmo sem dar as caras há quatro anos.

Em 2012, uma chaminha de esperança se acendeu quando a loja britânica Play incluiu o game em suas listagens, agora previsto para o PlayStation Vita. A E3 passada veio e se foi sem nem sinal do jogo, que continua sendo um mistério e um espinho no coração de quem adotou os portáteis da Sony.

Espera-se que a empresa dê uma atenção especial a seu micro console durante a E3 2013. Pelo menos, é isso que aguardam todos aqueles que investiram seu dinheiro no aparelho e já se viram sem Resident Evil: Revelations, lançado para absolutamente todas as plataformas atuais. Já falamos isso em outro artigo: um título da franquia para o dispositivo viria bem a calhar. Mas será que é viável?

Suporte ao que já existe

Claire aparece em artwork de Resident Evil: Operation Raccoon City; confira outras imagens

Recentemente, o produtor de Resident Evil: Revelations, Tsukasa Takenaka, afirmou que novos DLCs já estão sendo desenvolvidos para o Raid Mode do game. Caso a E3 2013 não conte com nenhum título inédito, o anúncio de novos personagens – sim, já estou ouvindo você gritando “Claire!” – poderia ser uma forma de fazer com que as pessoas continuem pensando na saga.

Temos também a velha história de Resident Evil 6 Gold Edition e o suposto DLC com Claire (porque não?). Será que a Capcom tentaria reverter a decepção financeira do game trazendo-o de volta às lojas com conteúdo adicional ou esse é um vespeiro no qual não vale mais a pena mexer, sob pena de ser picado ainda mais?

Em resumo, estamos diante de uma E3 2013 que promete ser fraca em termos de Resident Evil, mas pode acabar trazendo uma ou mais grandes surpresas. O evento acontece entre os dias 11 e 13 de junho em Los Angeles, nos Estados Unidos.


Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Autor: Felipe Demartini Ver todos os posts de

Felipe Demartini (Evil Shady) trabalha com sites de Resident Evil desde 2000. É jornalista e descobriu nos games a melhor combinação entre trabalho e diversão.

19 Comentários em "O que esperar da E3 2013?"

  1. Massett 09/06/2013 at 16:36 -

    Espero que tenhamos muitas surpresas, e quem sabe, um Resident Evil para esta atual geração que está por vir.

  2. leandro 09/06/2013 at 16:47 -

    estou esperando um resident evil 7 para corrigir logo o resident evil 6 e tambem um remeker dos antigos Res, espero que os proximos Res seja como o reveletion pelo menos.

  3. nome 09/06/2013 at 17:37 -

    Tudo, menos um novo jogo da franquia para o PS4. Não podem fazer isso!

  4. Val 09/06/2013 at 18:00 -

    Podem contar com um novo RE para a Wii U, já para o primeiro trimestre de 2014. Agora se vai ser um remake ou uma sequela do RE Revelations, vão ter de esperar por terça feira.

  5. mcle22 09/06/2013 at 18:29 -

    Se colocarem a Claire numa campanha com aqueles Javos ridículos eu não comprarei. Chega de RE6 vamos olhar pra frente!

  6. ratstars 09/06/2013 at 18:44 -

    Felipe, você acha que uma possível Gold Edition de Resident Evil 6 possa ser lançada apenas para os consoles de próxima geração? Ou ainda posso contar com uma Director´s Cut para PS3?

    • Felipe Demartini 09/06/2013 at 21:02 -

      De próxima geração acho que não, se for existir, vai ser pra essa ainda.

  7. Nicolas Augusto 09/06/2013 at 19:37 -

    Espero com grande expectativa a E3, principalmente em se tratando de Resident Evil.
    Se tiver Remake, espero que seja multiplataforma, porque eu gostaria muito de jogar, mas tem grandes chances de ser exclusivo da Nintendo.
    Com relação ao Resident Evil 7, a Capcom pode até anunciar esse ano, mas lançar já é outra história.

  8. granaud 09/06/2013 at 19:48 -

    Esperava alguma novidade par o 6, mas depois de jogar o Revelations nunca mais encostei no sexto jogo!
    Agora espero novidades como fases novas para o raid mode e ate personagens novos , pq se depender da Capcom teriamos mais 20 personagens de DLC e todos carissimos!
    Mas nao acho uma boa anunciar o 7, ainda esta mt cedo, o Revelations veio pra ficar, portanto eh bom investirem nele…

  9. José Mac 09/06/2013 at 22:21 -

    O tal DLC da Claire seria uma boa pra amenizar as críticas ao jogo, desde, é claro, que ele tivesse um bom enredo e que não apelasse tanto pra tiroteios desenfreados e cenas hoolywoodianas.
    Porém, desses rumores todos, acho que o que está mais próximo de ser real é o tal exclusivo do Nintendo Wii U…infelizmente…

  10. Fernando 10/06/2013 at 10:02 -

    uma chance grande da Capcom se redimir com RE 6 seria o lançamento de um DLC da campanha com um cenário completamente novo, não precisaria ser necessariamente com a Claire, seria ótimo ver a Rebecca ou o Barry novamente, até a própria Jill entrando na trama de RE6, e esta nova campanha teria que ser aos moldes de clima e estilo do Revelations, agora se a Capcom inventar de lançar novamente um exclusivo inédito pra Nintendo, eu largo Resident Evil de mão…

  11. Flavio 10/06/2013 at 10:51 -

    E será que teremos um novo titulo para o 3DS ?

  12. eduardo 10/06/2013 at 21:46 -

    para mim a unica chance, exato a única chance de conseguirmos algo que preste nessa geração (falando sobre resident evil), seria: uma volta triunfal de shingi mikami, e repensar o que nos trouxe até aqui… Não somente o terror, mas, tbm o bom senso, quem joga resident evil como eu jogo deve saber que não era somento o terror, mas o desconhecido, o emblematico, a historia, a coesão, fatores que hoje não existem mais, poxa so pensar um pouco… resident evil sembre foi envolvente pq parecia algo real, algo que poderiamos tocar fora da realidade, algo esquecido e obscuro que está lá em algum lugar, algo misterioso e renegado, (ou que queremos esquecer e de preferencia nao ver), mas hoje uma praga mundial que assola o planeta de forma totalitaria, nao me faz nem ao menos esquentar pq desgraça como segunda guerra mundial fica para titulos como call of duty, e similares
    ação desenfreada, cenas de hollywood, superficialidade dos personagens, personagens como Jake, de onde afinal tiraram esse Jake? filho do wesker? pelo amor dos meus primos gente, Leon, chris, e compania para tentar salvar o titulo e o que vemos? re6 uma porcaria sem meritos, por favor Shingi volte para a Capcom e nos salve deste limpo, um limbo enorme que esses imcopetentes nos lançaram, pois, não so eu mas muitos outros fãns da serie querem algo que realmente preste em nossas mãos, algo como: resident evil 1, 2 , 3, remake, zero e 4, para mim todos em pe de igualdade menos o 0, mas mesmo assim excelentes titulos, para se ter uma ideia hoje acho muito melhor comprar e esperar o The Last Of Us, do que pensar em um jogo como resident evil 7

    • Fernando 11/06/2013 at 08:33 -

      Concordo plenamente…

  13. Lucas Gaspar 11/06/2013 at 14:23 -

    Felipe,

    Pelo jeito não teremos novidades em relação a série né? a E3 já está acabando e não ouvi nada a respeito…. tem alguma notícia?

    • Felipe Demartini 11/06/2013 at 14:24 -

      A E3 na verdade vai até quinta, mas a “temporada de anúncios” meio que já acabou. Pelo jeito, nada de Resident Evil esse ano, a não ser que a Capcom decida mandar uma bomba de repente pra todo mundo.

  14. Lucas Gaspar 11/06/2013 at 17:31 -

    É, o sonho do Resident Evil 2 Remake pelo jeito vai pelo “ralo”… mas quem sabe um dia, coisa que acho muito difícil.

  15. Kioshi I. Sheridan 12/06/2013 at 16:24 -

    Sinceramente, se esse for mesmo o ultimo resident, precisa ter a aparição de inumeros personagens principalmente o grande e supremo HUNK… HUNK, HUNK, HUNK, HUNK \o/

  16. Gabriel S. Kenedy 13/06/2013 at 20:35 -

    é um absurdo falarem mal do RE6 enquanto ficam aplaudindo jogos como black ops e Battlefield jogos de quem n tem criatividade e nem alma RE6 é um baita jogo perto do q tem no mercado meu amigo hehe engue as mãos pro céu, só q é ação todos querem terror tbm quero tbm gosto de terror eu cresci jogando os 3 primeiros agora olha como as coisas são ta td mundo tão desesperado pela volta do terror q foi só o revelations botar um pouquinho q td mundo já elogio já botou num pedestal eu to jogando o revelations e realmente o jogo é mt bom é excelente mais tem mts elementos q o RE6 é superior mas todos fecharam os olhos pras coisas boas do jogo pq ele é d ação e digo se querem o survival horror dos primeiros vão ter q caprichar mt mais o revelations traz uma raspinha de terror e n pensem q to falando mal do jogo é mt bom mas n vamos exagerar, concordo tem q voltar pro terror mas n posso concorda q RE6 é uma parte ruim da saga e digo se Resident Evil passa por crise de identidade eu te digo q o mundo dos games passa por uma crise ainda maior pq o q andam jogando ai é uma barbaridade meu deus