E se Rebecca Chambers se unisse à B.S.A.A.?

E se Rebecca Chambers se unisse à B.S.A.A.?

Rebecca Chambers certamente é uma das personagens mais queridas e requeridas dos fãs de longa data da franquia. Sabe-se que a mesma sobreviveu ao fatídico incidente da mansão e retornou a Raccoon City com os sobreviventes do Alpha Team dos S.T.A.R.S.. Mas, e depois?

Ex-Files

Na versão Nintendo 64 de Resident Evil 2, foram acrescentados files extras responsáveis por complementarem informações especificas sobre o Incidente nas Montanhas Arklay e Raccoon City, respectivamente. Portanto, até segunda ordem, são informações canônicas. Em um destes arquivos, é possível encontrar um relatório escrito por Rebecca Chambers sobre Billy Coen, seu parceiro durante os eventos de Resident Evil Zero. O interessante é que a paramédica se refere ao fugitivo por “Koen”, com K mesmo.

Culpa e Desistência

Sabemos que a missão nas Montanhas Arklay foi a primeira da garota com rosto de boneca. E, logo de cara, ela precisou enfrentar os desafios, não apenas provenientes dos experimentos da Corporação Umbrella, mas também da dualidade imposta pela presença do ex-tenente da Marinha, Billy Coen. No começo, a garota prodígio reluta em confiar no fugitivo, mas os dois são praticamente obrigados a se aliarem para conseguirem sobreviver. Dada a circunstância, ambos começam uma relação de ternura e respeito. E a partir da despedida ao fim do game, vemos Billy seguindo para a inusitada liberdade e paradeiro desconhecido, enquanto Rebecca adentra a Mansão Spencer para iniciar suas aventuras ao lado de Chris, Richard e cia.

Em Raccoon City, o relatório com o nome errado de Billy pode ter sido tanto de propósito como uma pegadinha dos produtores, ou até mesmo um erro. Na época em que RE2 foi lançado para Nintendo 64, Resident Evil Zero ainda estava em produção para o mesmo console.

A melhor conclusão a que chegamos é que o trauma de ter lidado com diferentes perigos e experimentos biológicos, a pressão de ninguém acreditar nos ocorridos, além da afeição conquistada por Billy e o fato de ela ter desobedecido a ordens ao deixá-lo partir, fez com que Rebecca se sentisse culpada. Após escrever o relatório, ela pede demissão dos S.T.A.R.S. e parte para um local bem longe de Raccoon City.

Os anos seguintes

É muito provável que Rebecca tenha sido mantida sob observação mesmo distante da cidade dominada pela Umbrella. Assim como o restante do mundo, a garota acompanhou as manchetes do incidente por lá, abafado por um míssil nuclear. Com medo de colocar amigos e parentes em qualquer tipo de risco, manteve-se calada por alguns anos, sem manter contato com seus ex-parceiros dos S.T.A.R.S..

Perfil: Rebecca Chambers

Com o fim da Umbrella e os julgamentos contra os representantes e filiados da empresa, a paramédica viu a oportunidade para ajudar na luta pela justiça e depôs contra a empresa farmacêutica de fachada. Contatou então a Global Pharmaceutical Consortium e, em troca de proteção para ela e sua família, decidiu contar tudo que sabia sobre a empresa, em tribunal. Com a imunidade garantida, Rebecca decidiu enfrentar seus medos. Contou-lhes tudo, exceto sobre Billy Coen, mantendo-o assim fora de qualquer perigo. Então em algum ponto, restabeleceu contato com Chris e Jill novamente.

Suas habilidades foram reconhecidas pela GPC, onde ganhou uma oportunidade de exercer novamente suas habilidades bioquímicas. Desta forma, mais alguns poucos anos à frente, Rebecca viria a ser convidada por Chris para ser membro da B.S.A.A.. Ainda sentindo culpa por omitir a verdade sobre Billy, ela, no entanto sentiria o quão injusto poderia ser lutar e/ou auxiliar no campo de guerra novamente tendo sujado suas mãos em tramas, incertezas e mentiras. Portanto preferiu apenas estabelecer a conexão entre B.S.A.A. e GPC de uma vez por todas, o que garantiu ao grupo militar um forte aliado e financiador. Em honra ao mérito, contudo, Chris concedeu a Rebecca um lugar entre os “11 Originais” como uma forma de agradecer o seu apoio.

Aparições futuras

Imaginando assim, talvez seja mesmo difícil voltarmos a ver Rebecca novamente em um game da série, e por chances mínimas me refiro a menções em files. Toda a história a cerca da GPC ainda não foi totalmente esclarecida e provavelmente não será. Mas é interessante imaginar que sua conexão com a B.S.A.A. pode ter ido além de patrocínio e apoio.

E se Rebecca Chambers se unisse à B.S.A.A.?

Rebecca era uma personagem fisicamente fraca e sem experiência, mas dedicada e eficaz (a cena do piano em Resident Evil é um exemplo desse aspecto). Seria extremamente natural que a personagem recuasse mediante toda a crise pós-Mansão Arklay. Com o passar dos anos, porém seria praticamente impossível manter-se nas sombras, ainda mais tendo tido um papel importante nos eventos iniciais da saga e com a escala global que o terror biológico alcançou, demonstrar-se inquieta a respeito disso seria uma atitude nobre e, obviamente, perigosa.

Ela, porem, é muito esperta para deixar-se levar apenas pela prudência e braveza e tomando os cuidados necessários, este certamente seria o melhor caminho traçado para a personagem e um meio de inseri-la no quadro atual da trama.


Tags: , , , , , ,

Autor: Jessica Pinheiro Ver todos os posts de

Jessica Pinheiro (Jejé) já trabalhou em sites de Resident Evil, onde organizou “Chronicles, uma franquia coletiva, e hoje escreve para o Girls of War. Nas horas vagas é professora de inglês e salva o mundo em perigo.

18 Comentários em "E se Rebecca Chambers se unisse à B.S.A.A.?"

  1. Marcos RE 19/10/2013 at 16:30 -

    Belo texto, rebecca faz falta na saga, gosto dela.

  2. Thales 19/10/2013 at 16:48 -

    Muito bom texto! Apesar de eu gostar muito da Rebecca, Claire, etc., esses personagens se envolvem apenas acidentalmente nos acontecimentos dos games. Então não faria sentido ficar clamando pelo retorno deles, pelo menos na ação direta, pois isso só faria a história ficar mais implausível. Mas nada impede alguma cena deles trabalhando por detrás das cortinas, ou mesmo um filme como em Degeneration.

  3. Alberto 19/10/2013 at 19:51 -

    diferente de Carlos e Billy, Rebecca e Barry são personagens carismáticos e que realmente fazem fala a serie, principalmente Rebecca que por seu aspecto frágil seria perfeita para uma volta as origens em Resident Evil

  4. Alexandre FC 19/10/2013 at 20:12 -

    Belo texto!!

  5. nome 19/10/2013 at 22:04 -

    Acho bem dificil a Rebecca ser inserida na história atual. Eu gosto dela, mas parece pouco provável ela reaparecer. Mas nada se sabe. A capcom surpreende sempre, de um jeito bom ou ruim.

    • nome 19/10/2013 at 22:09 -

      PS: Felipe, eu sei que o Sac está acabando e eu vi o video “Game Over”. Vc vai mesmo deixar suas análises e textos do Sac num blog? Espero que sim. Suas matérias são incriveis.

      • Felipe Demartini 20/10/2013 at 11:58 -

        O site n vai sair do ar, só vai deixar de ser atualizado. Tudo vai ficar online 😉

        • nome 22/10/2013 at 06:29 -

          ah, sim. 🙂 que bom!

  6. William 20/10/2013 at 01:45 -

    Excelente texto!!

  7. levasco 21/10/2013 at 00:43 -

    Acho que a única possibilidade de Rebecca reaparecer seria atuando na busca de algum antídoto ou algo anti-BOW, tendo em vista suas habilidades e experiências, trabalhando em algum órgão governamental apoiando a BSAA, sendo citada em algum file ou numa breve aparição em cutscenes. Se não há mais espaço para ser protagonista em um novo RE, pelo menos sua ligação com o GPC e BSAA é algo plausível, ainda mais com essa nova face global de RE. Já para Billy não vejo nenhum meio ou argumento para fazê-lo voltar.

  8. Victor Breno 21/10/2013 at 02:38 -

    Felipe, a história contada no texto é o que “realmente” aconteceu com ela ou são especulações sobre seu paradeiro?

    • Felipe Demartini 21/10/2013 at 11:17 -

      Especulações. Por isso o nome “E se”

      • Victor Breno 21/10/2013 at 11:45 -

        Ah tá, desculpa então. Mas a forma como alguns verbos estão conjugados ao longo do texto dão a ideia de que não são apenas especulações.

  9. Fernando 21/10/2013 at 17:35 -

    Gostaria muito de ver ela de volta…. de alguma maneira

  10. ricardo dias 22/10/2013 at 09:16 -

    1º – Acho difícil a rebecca aparecer denovo. Ela mal foi citada depois de Remake(cronologicamente falando). Barry fez aparição em RE3 para salvar Jill mas ela nunca mais deu as caras…acho que ela não volta mais.
    2º – Há rumores que depois do fim de RE0 Billy virou um Mercenário.
    3º – Percebi que neste texto Chris está muito caridoso, fornecendo vagas “de bandeja” na BSAA para qualquer um. E que pode até ultrapassar da competência dele.

  11. Firenando 22/10/2013 at 21:58 -

    Adorei o post Jejé! Vai ter mais posts seus aqui no site?

    Só eu que tenho esperanças do Billy não ter morrido e dos dois acabarem juntos? 😀

  12. Renan 28/10/2013 at 17:24 -

    O que pra mim sempre fez falta no RE é o Barry
    Rebecca nem tanto.