E se Elza Walker estivesse em Resident Evil 2?

Elza Walker foi a primeira opção da Capcom para protagonista do conhecido Resident Evil 1.5, uma das versões preliminares do segundo game da série. Com uma história que contém trechos semelhantes à de Claire Redfield, a moça era uma estudante da Universidade de Raccoon City e viciada em motocicletas, participando de competições e corridas.

Sua atuação ao longo do game também seria bem parecida com a de Claire. Durante o pesadelo pela delegacia da cidade, ela se encontraria com a pequena Sherry Birkin e se envolveria, ao lado de Leon, na conspiração ocorrida no laboratório subterrâneo da Umbrella. A garota, que iniciou o desenvolvimento do game com os cabelos loiros, foi ficando morena e tendo sua imagem alterada à medida que Resident Evil 2 ia sendo produzido.

Elza Walker foi um dos diversos conceitos descartados quando Shinji Mikami decidiu remodelar completamente o game. Na hora de alterar o enredo, a jovem motoqueira e estudante foi substituída por alguém com traços semelhantes, mas que também possuía uma ligação direta com o primeiro game da série.

A irmã de Chris, Claire, se tornou uma das principais personagens da franquia, com influência em outros episódios além de Resident Evil 2. Por outro lado, Elza Walker nunca viria a aparecer e deixaria os fãs apenas com questionamentos sobre ela.

História deslocada

O principal fio condutor que liga Resident Evil 2 ao game que é considerado sua sequência direta, RE CODE: Veronica, é a relação familiar de Claire e Chris Redfield. A moça foi à Raccoon City em busca de seu irmão e foi essa mesma procura que a levou também às instalações da Umbrella em Paris e, consequentemente, à Ilha Rockfort e à Base na Antártica. Essa conexão, porém, deixaria de existir caso Elza Walker fosse a protagonista do segundo game da série.

Vamos supor que a trama de Resident Evil 2 seguisse da mesma maneira que a do game que chegou às lojas, com Elza sobrevivendo ao lado de Leon e Sherry. Como a moça não teria motivos para seguir sozinha e abandonar os dois, o trio ficaria sob a custódia do governo após os incidentes de Raccoon City.

A história de Leon prosseguiria normalmente, enquanto a de Elza poderia tomar rumo semelhante à de Sherry. A jovem poderia chamar a atenção dos agentes federais devido às suas habilidades de sobrevivência e passaria por um intenso treinamento, tornando-se uma oficial do governo. Devido às relações entre as duas, elas poderiam até mesmo atuar juntas em missões ao redor do mundo.

Novas imagens de Resident Evil CODE: Veronica HDO único problema: tudo isso acontece de forma completamente deslocada do primeiro título da franquia e da história de Chris Redfield. A presença de Claire também é um dos elementos fundamentais do reencontro do ex-S.T.A.R.S. com seu arqui-inimigo Albert Wesker na Ilha Rockfort.

Nada impediria que a Capcom criasse Claire em algum momento posterior a Resident Evil 2 e que os acontecimentos entre ela, Chris e Wesker ocorressem da mesma maneira. A participação da jovem, porém, não teria raízes tão profundas na série e ela nem mesmo conheceria Leon, seu parceiro tanto em jogos quanto em filmes.

Ainda assim, ela se tornaria um elemento-chave na série, protagonizando Resident Evil: Degeneração ao lado de Leon. Enquanto isso, Elza permaneceria nas laterais da trama, sem motivos para ser trazida de volta em um game e sofrendo o mesmo destino de personagens deslocados como Carlos Oliveira.

Arcos ainda mais distantes

Antes de Resident Evil 6, a trama da série seguia em dois arcos que, apesar de terem suas interseções, seguiam de forma distinta. De um lado, temos Leon e o governo americano, realizando missões de busca ou apreensão. De outro, temos Chris e a B.S.A.A. agindo de forma mais direta contra o bioterrorismo e lidando com a ameaça constante de Albert Wesker e do pouco que restou da Umbrella.

E se Elza Walker estivese em Resident Evil 2?

Mesmo que Elza transformasse a derrocada da Umbrella em sua meta pessoal após RE2, sua história não teria relações com as movimentações de Albert Wesker ou as atuações da B.S.A.A. Assim, a importância dela seria reduzida gradativamente à medida em que Leon, Chris e Jill se encaminhassem ao centro dos holofotes da franquia.

Assim como Sherry, ela poderia retornar em Resident Evil 6 e iniciar novos caminhos na série. Sua participação, porém, teria quase nenhuma relação com os grandes eventos do passado da série e, apesar das grandes possibilidades para o futuro, ela não seria nada mais do que uma personagem recorrente.

Fonte de imagens


Tags: , , , , , , , , ,

Autor: Felipe Demartini Ver todos os posts de

Felipe Demartini (Evil Shady) trabalha com sites de Resident Evil desde 2000. É jornalista e descobriu nos games a melhor combinação entre trabalho e diversão.

39 Comentários em "E se Elza Walker estivesse em Resident Evil 2?"

  1. MathRe 31/05/2012 at 07:56 -

    Mto Legal essa matéria,gosto do E Se… a gente pode ver coisas num outro ponto de vista o q é legal!!

  2. J@ideson 31/05/2012 at 08:52 -

    espero que coloquem ela em um jogo futuro, talvez em um spin-off ou uma serie paralela…

  3. José Mac 31/05/2012 at 09:03 -

    Isso se a história seguisse os rumos que ela seguiu até hj, né…
    Ainda há a possibilidade de que, por causa de um personagem, a história do game seguisse rumos completamente diferentes do que seguiu, até com outras histórias e outros personagens. Talvez até o sucesso da franquia fosse menor ou maior por conta desse detalhe.
    Mas é claro, eu entendi que o artigo é uma hipótese inserida nos rumos que a série realmente tomou ate hj…

  4. -Fak'Evil 31/05/2012 at 09:16 -

    Acho algo muito interessante, Elza Walker apresenta um perfil muito noob no que é apresentado nos videos. Elza acompanharia Jonh Kendo protegendo Sherry, Leon tentaria sobreviver ao caos com Linda e Marvin. O que nada foi divulgado, foi uma cena que mostrava nenhum tipo de envolvimento entre Leon e Elza =/ Isso dever ter sido totalmente descartado pelo Mikame, que não viu futuro pra aquilo.
    Por esse fato, existe uma grande forma de iniciar uma historia a parti de Resident Evil 6 com personagens abandonados, tipo: Roy, Elza, Linda, John Kendo e assim seguiria a série.

  5. yuri 31/05/2012 at 10:04 -

    eu só não consigo me lembrar de uma coisa, a elza soares foi dublada pela mesma dubladora da claire?

    • VisH2O 31/05/2012 at 12:54 -

      Elza soares kkkkkkkkkkkkk

      • Paola 31/05/2012 at 13:14 -

        KkKkKKkKkKKkK
        Elza Soares essa foi boa!
        KKkKkKK

  6. jjevil 31/05/2012 at 10:26 -

    elza só traria mais furos a trama, um personagem sem ligação com os principais do primeiro geraria muita confusão. A melhor ideia de Mikami descartá-la. Porém, um bom motivo para nos fazer voltar a Raccon City. Imagine Elza indo a cidade para fazer seu sonho realidade e acacar participando do pesadelo. Seria uma oportunidade de jogar na universidade, e conhecer outros pontos de Raccon, além de dar valor as motos, colocando cenas loucas de ação com elas. Porém como saber se tal game faria sucesso? Pois reciclar pode não ser uma boa ideia

  7. Ana 31/05/2012 at 10:57 -

    Mas caso eles não criassem a Claire,a Alexia não teria dominado o mundo com t veronica,ou o Wesker impediria???

  8. Dog 31/05/2012 at 10:58 -

    ainda bem que nao esteve presente parece ser uma personagem muito sem graça. ela ficaria ao lado de leon,sherry,marvin e o jogo ficaria muito mongão ja claire nao é corajosa e se viro sozinha ao horror ainda protegendo sherry.

  9. Atila 31/05/2012 at 11:47 -

    a capcom bem q poderia fazer uma limpa nos personagens jogados da série…(carlos, sheva, rebecca, barry…) qnd digo limpa não quer dizer matar todos, mas dar um encerramento para eles…não simplesmente esquecer q eles existem. Alguns podem morrer (afinal nem todos sobrevivem) contanto q não matem os 4 principais (chris, jill, claire e leon)

    • shaman 01/06/2012 at 00:44 -

      Sim! Poderiam fazer epilogos como em RE3.

  10. Steven L. Andrade 31/05/2012 at 11:53 -

    Ainda bem que ela foi abandonada, pois graças a isso nós temos a Claire hoje. É meio difícil vermos a Claire protagonizar um novo jogo da série, mas caso aconteça, ficarei muito feliz vê-la novamente. 😀

  11. Paola 31/05/2012 at 12:07 -

    Eu prefiro a Claire!rs
    😀

  12. Lara 31/05/2012 at 13:07 -

    prefiro a Claire tbem!
    estou louca para que ela volte em um jogo ou filme
    ,sonho com o encontro dela com a Jill

  13. georges 31/05/2012 at 13:25 -

    Poderia até ser desse jeito se a série continuasse seguindo o mesmo caminho. Se os eventos em CODE VERONICA fossem substituídos por outros eventos talvez essa personagem tivesse um destino diferente nesse “universo alternativo”.
    Ainda bem que hoje temos a Claire.

  14. Ed Redfield 31/05/2012 at 13:49 -

    adoraria jogar com ela..

  15. Alisson 31/05/2012 at 15:00 -

    Se ela estivesse em Resident Evil 2, a Alexia teria dominado o mundo e ela seria parceira do Leon nas suas ultra-missões ninjas, RE4 não seria o mesmo e possívelmente RE6 não seria o mesmo.

  16. Italo Oliveira 31/05/2012 at 15:13 -

    E se Elza Walker estivesse em Resident Evil 2?

    Considerando que o jogo teria as mesmas proporções do game que veio a existir, e considerando, também, o fato que o jogo teria o mesmo desenrolar da trama.
    1º Era possível que a história seguisse uma lógica totalmente distinta.
    A ligação de sangue e parentesco com Chris Redfield mudou o rumo da série. O diferencial nessa ligação veio logo a seguir com o RE3: Code Veronica, depois o game perdeu a numeração devido a outras questões. O grau de parentesco incluído entre Elza (Claire) e Chris mudou toda a dinâmica de Resident Evil. Em primeiro plano entre RE1 e RE2, nós temos 2 posições totalmente distintas, na primeira nós temos profissionais treinados em uma situação totalmente inusitada, onde ninguém está realmente preparado para os perigos que estavam por vim. No segundo jogo, temos 2 personagens totalmente despreparadas para as situações que estavam para acontecer. A dinâmica que se colocou em RE1 e RE2 (Na verdade RE1.5) era de situações diferenciadas, com pessoas diferenciadas em momentos diferenciados. O que a série estava propondo era ter um corpo em comum na série, tudo começaria na mansão e de lá se tornaria algo da realidade de todos, inclusive de uma aluna universitária e um policial novato. A série teria como principal referência os filmes de Romero, onde temos uma mesma causa para todos os filmes, mas cada filme se torna independente do anterior com as suas personagens, seus próprios cenários e o seu próprio tempo. Com a lógica de RE2 (RE1.5) nós começaríamos a ver como a infecção começou a se propagar e em um eventual RE3 (seguindo essa linha) talvez tivéssemos outros personagens em outras situações e em um outro tempo. Esse pensamento procede quando (no distante 1998) nós nos questionávamos qual seria o real final de RE 1, pois o game trás 7 finais alternativos e deixava totalmente em aberto um verdadeiro final. RE2 (RE1.5) teria a mesma dinâmica, Leon teria a sua história e terá seus possíveis finais com Linda e Marvin, enquanto Elza com John e Sherry teria os seus finais, até o presente momento não sabemos se Leon e Elza teria alguma relevância na história de um no outro, mas era capaz que não haver, e é possível até mesmo que eles nem se encontrassem no jogo. Depois do RE2 como conhecemos, o papel da Elza (Agora Claire) tornou-se totalmente determinante no futuro da série e o sucesso do jogo tornou definitivo essa decisão. Naquele momento a Capcom sentia necessidade de explicar (parcialmente) o destino das personagens anteriores, em RE3 Code Veronica teríamos o retorno de Chris e o reencontro com a Claire, em RE 1.9 e 2.1 (Que por sinal chega até a repetir os mesmos cenários do game anterior) veríamos como a Jill escapou da cidade e em RE4 (RE3.5) Leon estaria traumatizado e sobre o efeito de uma possível infecção. A séria criou esses pontos e decidiu se basear principalmente nos personagens e a trama ficou com pouca relevância (leia-se, a trama poderia ser qualquer uma, desde que um dos componentes do quarteto principal estive em destaque). A Capcom tentou misturar as coisas com o RE4, tentou trazer o novo, mas, boa parte dos fãs, já haviam acatados essa ideia, afinal quem nunca ouviu algo do tipo (sobre RE4 como foi realizado) O que importa nesse jogo (RE4) é o cenário da ADA, porque é o único que tem uma ligação com a série? O incidente na mansão tornou-se o principal foco, Wesker se tornou o grande arqui-inimigo da série, Os heróis continuaram os mesmos, só que vivem em função de por um fim no perigo biológico. A questão voltou à tona em RE5, quando tivemos a oportunidade de vermos o 1º trailer, onde reinava uma única pergunta: Quem seria o protagonista, Chris ou Billy? E pouco se importavam com os demais detalhes. Depois veio a mulher loira do tubo, onde todos apostavam na Sherry, só que na verdade era a Jill, viu como funciona a dinâmica agora? A trama se baseia nos personagens em si e não necessariamente na ambientação.

    2º Elza se tornaria um personagem de 1º escalão. Afinal, ela É a Claire, só que com algumas alterações.
    Se nos basearmos vendo a série já estabelecida nos padrões de hoje, seria um equivoco afirmar que a Elza ficaria esquecida, não se esqueçam, Elza e Claire são as mesmas figuras, e cumprem o mesmo papel na trama, salve as peculiaridades. Então se a personagem tivesse carisma poderia naturalmente ser a protagonista de RE3, talvez tivesse uma espécie de Nemesis com a missão de matar todos que sabiam a verdade. Talvez Elza tivesse que proteger a Sherry da Umbrella que estaria perseguindo-a. As possibilidades são muitas. Infelizmente não podemos afirmar com certeza.

  17. Victor 31/05/2012 at 16:01 -

    excelente matéria Shady mas ao mesmo tempo que nos faz querer ter ela além dos outros (com Claire ñ falo de substituir a irmã do Chris) vemos que a Capcom só olha para seus protagonistas (certo toda franquia tem dessas mas e os coadjuvantes que marcaram tanto como Carlos e Nikolai?) Elza poderia ser masi uma a lutar contra a umbrella e afiliados ou até a favor dela! como uma vilã com algumas características dela e outras ñ acho que sempre é bom termos opções e mais personagens que sempre adicionam à trama

  18. kate 31/05/2012 at 18:45 -

    achei uma boa ideia da capcom trocar a Elza pela Claire, que é uma das personagens mais queridas da série.E não teríamos o code veronica que traz uma das melhores tramas e personagens de toda série como : Chris Redfield, Claire, os irmãos Asford e principalmente o retorno do Albert Wesker não seria tão perfeito como foi.A matéria está maravilhosa, adoro essa parte de “E se…”

  19. Karol 31/05/2012 at 18:58 -

    Achei ela tão bonitinha!

    • yuri 31/05/2012 at 21:35 -

      i do say.

  20. Dog 31/05/2012 at 19:26 -

    e pensar que resident evil nao ia ter zumbi os protagonista iriam ser outros. que iria deixar de ser survival horror que ia ter um jogo para ps2 tao famoso quanto resident evil 4. enfim resident evil foi feito de erros e mudança no enredo e se tornou um dos jogos mais famosos do mundo.

  21. Dalmácio Júnior 31/05/2012 at 20:03 -

    Muito boa a materia. 🙂
    E foi muito melhor a Claire que a Elza Walker no Resident Evil: 2, com a Claire a historia seguiu um rumo miuto agradavel, porque a Claire e irmã do Chris, e deu um complemento muito maior e melhor na fanquia. 😀

  22. José Mac 31/05/2012 at 20:43 -

    Realmente foi mt boa a mudança pq Elza na verdade era um “personagem” mt vazio. Só tinha uma característica destacada: Gostava de motos. Já Claire, além de gostar de motos, ainda procurava por seu irmão Chris.
    Aí é que está o diferencial fundamental entre as duas: a ideia do Mikami na substituição foi fazer um elo com o game anterior.

  23. igor costa 31/05/2012 at 20:44 -

    Capcom poderia muito bem lançar este jogo como uma historia paralela como aconteceu com o brilhante Operation racoon city ja que racoon city se passa numa especie de universo paralelo,o lançamento deste jogo sria uma boa pedida.Vi ano passado varios videos dele no youtube e parecia ser um excelente jogo e varios personagens tinham papeis diferentes como Marvim,o vendedor da loja de armas amigo do Barry que esqueci o nome.O que voce acham.

    • -Evil Shady- 31/05/2012 at 22:38 -

      Seus comentários estão no moderado por causa do q vc aprontou por aqui no final de semana.

  24. igor costa 31/05/2012 at 22:50 -

    Elza parecia ser legal mas Claire e´especial.O que sera que aconteceu com o ela apos o Degeneration.

  25. igor costa 31/05/2012 at 22:56 -

    Shady o maga do Resident evil vai ser lançado no Brasil?Seria interssante se lançassem um jogo de luta so com os personagens da Cacpcom imagine Dante vs Wesker.Uma adaptaçao para anime seia interressante afinal como muitos gamers tambem sou otaku.

  26. zé roberto 31/05/2012 at 23:25 -

    Muito boa a postagem. Nunca tinha parado pra pensar o que teria acontecido se a Elza tivesse ficado até a versão final.
    Como disseram, achei bom ela ter saído; parece uma personagem muito rasa e fraca.

  27. shaman 01/06/2012 at 01:06 -

    Putz que nostalgia…
    Lembro que na versão japonesa de RE Director Cut, tinha um cd bonus que continha cenas do RE 1.5, todos os finais liberados, e parece que a partir desse cd voce poderia habilitar roupas e munições infinitas atraves da criação de um save game sem ter que jogar o jogo principal.
    Acho que a passagem do RE 1 para o 2 com certeza foi a mais marcante na minha opnião. A galera tava ansiosa, a imprensa especializada de cima, o jogo foi adiado mais de uma ou duas vezes se não me engano, as screeshots nas revistas para época eram muito foda, e rolava um papo de que no jogo voce precisaria trocar a roupa do personagem caso ela se sujasse muito de sangue para evitar contaminação, falava-se que as munições seriam infinitas pois o jogo seria na cidade, e bla bla bla. Só acho que o que estragou um pouquinho a surpresa, foi o vazamento de um cd beta, onde voce apertava select e escolhia para qual lugar do jogo voce queria ir. Fora isso o RE 2 foi tudo de bom.

  28. Doug 02/06/2012 at 01:56 -

    Eu AMO a Claire. É a minha personagem favorita da serie, mais acho que se fosse com a Elza a historia seria completamente diferente. Acho que depois de RE1.5 nenhum deles seriam iguais. Poderia não existir RE: Code Veronica ou se existisse poderia ser a Jill procurando o Chris. Poderia ser que a Alice (Dos filmes), em um determinado jogo se tornasse protagonista de ums dos jogos. Acho que poderia ter mudado a historia de RE completamente. A Elza poderia ate mesmo ser para a maioria o que a Claire é hoje, mas…. aiinda bem que eles reformularam srsrs… Quero muito ver um jogo onde as protagonistas sejam Claire e Jill. Jill e Leon seria seria muito legal.

  29. Umbrella 02/06/2012 at 12:59 -

    Até seria melhor a Elza se ela se chamasse Elza Redfield…ficaria melhor pelo jeito dela , os Redfields adoooooooooram motocicletas!!rs e vermelho tbm. Seria fodastico ela sendo uma Redfield e não uma Wlaker 😛 😀

    PS: Antes eu falva ”Asford” daí aprendi que o certo e ”Ashford” 😉

  30. Pedro 02/06/2012 at 14:34 -

    Eu acho que não teve muita diferença com a Claire… A última vez que a vimos foi no Degeneration e esse filme não foi nem canon.

  31. Leon Scott Kennedy 12/10/2012 at 18:01 -

    Elza Walker vish eu nem me lembrava dessa mina vei na verdade nem sei qual jogo ela apareceu U.U

    • Manoel Corvinus 11/11/2012 at 23:03 -

      Na verdade, ela não apareceu. XD

  32. Borracha 17/11/2012 at 01:11 -

    Felipe, confesso que um material é mais fantástico e autêntico que o outro. Perdi em torno de duas horas lendo mais sobre as curiosidades e relendo sobre coisas que remetem ao universo de RE que sou fã de carteirinha desde o aclamado RE:3. Estive pensando… Que pena que a Capcom não libera ao menos uma cópia do Beta de RE: 1.5 para os fãs de época jogarem. Não precisava nem ser um remake… Aposto que qualquer jogador ficaria feliz com a versão descartada em suas mãos. Eu amaria conhecer mais sobre Elza Walker e eu adoro ela demais. Talvez por ter aparecido apenas na versão descartada, mas é um sonho meu vê-la como uma personagem jogável em RE:7 com Claire e Jill. É meio louco, mas poderia ser incrível. Eu amo a Elza! E parabéns ao site pelas matérias e todo o material de suprema qualidade!

  33. Lord Sparkside 29/03/2013 at 22:59 -

    Acho que um Spin-off com ela, do mesmo jeito que fizeram no RE: Operation Raccoon City envolvendo a USS contra os Spec Ops e misturando os protagonistas ficaria também interessante de se ver.